Orbital Engenharia e Sistemas Preventivos

Triângulo do fogo: Conheça os 3 fatores causadores de incêndios

O fogo, em sua definição mais exata, é um processo químico de transformação. Podemos também defini-lo como o resultado de uma reação química que desprende luz e calor devido à combustão de materiais diversos.

Desde os primórdios da humanidade, ele é o responsável pelo desenvolvimento do ser humano, da manutenção da temperatura dos seus corpos, das preparações de alimentos e da demarcação de território.

Mas o fogo também é responsável por grandes males ao longo dos tempos. Queimadas que destroem habitats de vários animais, destruição de patrimônios históricos e construções particulares que levaram a vida inteira para se tornar realidade.

Os três fatores causadores de incêndios

O fogo necessita de 3 fatores para se iniciar e se alastrar

1- O elemento combustível
2- O comburente
3- O calor.

Os combustíveis podem ser sólidos (papéis, madeira, algodão), líquidos (álcool, gasolina) ou gasosos (hidrogênio, acetileno, GLP).

O elemento comburente é o gás oxigênio (O2), que ao entrar em contato com o combustível gera uma reação. O oxigênio é indispensável para a combustão pois é o que dá “fôlego” para o fogo.

O calor é a energia necessária para o desenvolvimento e continuação da queima. Um exemplo, o papel é um combustível e ele está em contato com o oxigênio do ar, mas para que a queima ocorra, é necessário de uma ignição, como uma faísca por exemplo.

Como extinguir o fogo?

Para extinguir o fogo, deve-se eliminar um desses elementos, assim, a propagação do fogo não vai ocorrer, evitando diversos acidentes.

É importantíssimo que conheçamos essas características, para minimizar qualquer tipo de situação que possa gerar um incêndio.

Sempre conte com os equipamentos ideais e em bom estado para combate dos pequenos focos, e em casos de incêndios maiores, chame os Bombeiros imediatamente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.